Donos do hotel invadido pedem ajuda às autoridades lusas

Por Venezuela Real - 12 de Octubre, 2006, 9:21, Categoría: Derechos Humanos

 'Los venezolanos de origen portugués también son víctimas de las constantes invasiones y violaciones del derecho a la propiedad que sufren los demás venezolanos. ¿Será la cuota inicial del Socialismo del SXXI que promete el Comandante en Jefe, teniente coronel Hugo Chavez Frías? ¿Ellos pueden recurrir a sus paises de origen para que los protejan por vía diplomática, pero los venezolanos por nacimiento estamos en la orfandad?.

Délia Meneses

Correio de Caracas - Venezuela
12 de Octubre de 2006

Já passaram mais de três semanas desde que um grupo de aproximadamente 250 pessoas, coordenado pela Alcadia Mayor de Caracas, invadiu um hotel situado em La Yaguara, propriedade de portugueses naturais da Madeira (Ribeira Brava).

José da Silva, um dos afectados, declarou ao CORREIO que esta semana vão escrever uma carta às autoridades portuguesas, mais especificamente ao cônsul geral de Portugal em Caracas, Fernando Teles Fazendeiro, com a intenção de pedir apoio ao governo português, perante o que consideram um atropelo ao seu direito como proprietários daquele espaço, que estava destinado a ser um hotel de três estrelas.

Esta carta será também dirigida às autoridades venezuelanas. A impotência e a incerteza de não saber por quanto tempo mais se vai estender esta situação anormal motivou a redacção deste pedido de ajuda, que se espera ser entregue esta semana.

A denúncia já foi feita também perante a Fiscalía (Ministério Público), de forma a deixar o caso nas mãos de um tribunal competente.

Da Silva admitiu que o grupo de sócios, donos do hotel, estaria disposto a vender aquela propriedade e que para tal tem realizado contactos com funcionários da Alcadia Mayor dirigida por Juan Barreto. No entanto, não têm esperanças em arranjar uma solução para o problema. "Não conhecemos ocupação por parte da Alcadia onde tenham indemnizado os donos. O dinheiro nunca chega".

Da Silva acrescenta que na última avaliação que fizeram da construção, o valor da mesma estava na ordem dos 3 milhões e 500 mil dólares, pelo que asseguram que nunca vão receber esta quantia por parte da Alcadia. O grupo de sócios tem esperanças de que o governo português possa interceder e apoia-los nesta situação irregular.

Desde que ocorreu a invasão, os donos do hotel foram ameaçados para não se aproximarem do lugar. "Advertiram o vigilante que se os donos aparecessem iam ser "linchados". As ameaças continuam. "Numa ocasião, aproximei-me e os comentários eram que me iam cortar a cabeça. Percatamo-nos de alguns materiais de construção que já se perderam".

Os invasores são provenientes, na sua maioria, dos bairros de La Vega, Carapita e Antímano, que se encontram relativamente perto da zona onde está situado o hotel, na rua Três com a rua Intermedia, de La Yaguara.






TOME NOTA
de la dirección del
Nuevo Portal Principal

www.venezuelareal.org

Más información ...

Calendario

<<   Octubre 2006  >>
LMMiJVSD
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31      

Archivos

Suscríbete

Escribe tu email:

Delivered by FeedBurner

Sindicación

Alojado en
ZoomBlog